Globo.com: Osasco vence segundo jogo contra o Praia Clube e passa às semifinais

Não dá para dizer que o Praia Clube não se esforçou, mas o time mineiro novamente não foi páreo para a força do Osasco. Jogando em Uberlândia na noite desta quinta-feira, a equipe paulista encontrou dificuldades nos dois primeiros sets, mas venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/22 e 25/13, garantindo sua classificação para as semifinais da Superliga Feminina.

Retornando ao time titular depois de quase dois meses, Jaqueline foi uma das três maiores pontuadoras do jogo (ao lado de Thaisa e Daymi), com 11 pontos. Ela ainda foi escolhida a melhor da partida e deu o troféu para o fisioterapeuta.

– Primeiramente, tenho que agradecer o carinho da equipe, que me ajudou esse tempo todo, à minha família, ao Murilo e, principalmente, ao Fernandinho, meu fisioterapeuta, que ficou sempre do meu lado. Por isso joguei bem hoje, para mostrar para ele que podia voltar para a quadra. Ainda falta um pouco o ritmo, ainda estou precisando de um pouco mais de velocidade, mas estou muito feliz – afirmou Jaqueline.

O atual campeão da Superliga agora espera o vencedor do confronto entre Vôlei Futuro e Macaé, que fazem o segundo jogo do confronto ainda nesta quinta-feira.

Depois de um começo equilibrado, o Praia Clube passou a dominar o jogo e foi abrindo vantagem, chegando a fazer 15/9. O time da casa, porém, não soube administrar a distância. Acertando o bloqueio e melhorando no ataque, O Osasco conseguiu cinco pontos seguidos para encostar no placar e depois virou para 18/17. Aí, foi a vez dos visitantes mandarem no duelo até fecharem o primeiro set em 25/20.

O segundo set foi mais equilibrado. Desde o início, as duas equipes se alternaram na frente do placar. Quando uma tentava disparar, a outra rapidamente reagia e virava o jogo. No momento decisivo, a qualidade do Osasco falou mais alto, e o time paulista conseguiu abrir um pouco para fazer 25/22 e ganhar a segunda parcial.

A derrota pareceu desconcentrar a equipe mineira, que passou a cometer muitos erros. E o Osasco aproveitou para disparar rapidamente, indo para o primeiro tempo técnico com 8/3. As visitantes não diminuíram o ritmo e chegaram a abrir dez pontos de distância (15/5). O técnico Luizomar de Moura aproveitou para poupar titulares e testar reservas, mas o time se manteve firme até vencer o set por 25/13, e o jogo por 3 a 0.

– O sonho acabou, mas acho que todo mundo tem que sair de cabeça erguida. Nossa equipe não teve a temporada esperada. Ela é boa, mas não deu tanta liga. Foi uma pena que no terceiro set bateu o desespero na equipe mais uma vez. Tem que pensar na próxima temporada agora e dar os parabéns para o Osasco – lamentou a líbero Nine.

Fonte: Globo.com

Foto: Divulgação

TWITTER



Redes Sociais