Uol esporte: Mari fica no banco pela 1ª vez e vê Unilever atropelar Minas; favoritos vencem

Mari roubou a cena esta semana. Recuperada de cirurgia no joelho direito, a campeã olímpica ficou no banco da Unilever nesta quinta-feira pela primeira vez desde que foi contratada. Após pouco mais de cinco meses parada, a ponteira viu de pertinho a convincente vitória da Unilever sobre o Usiminas/Minas por 3 a 0 (25-14, 25-18 e 25-21), no Maracanãzinho. Os favoritos Sollys/Osasco, Vôlei Futuro e Macaé Sports também triunfaram pela Superliga feminina.

Relacionada pela primeira vez para defender a Unilever na temporada, Mari revelou que não teve nenhuma conversa com o técnico Bernardinho sobre sua possível entrada na partida. “Achei que entraria no primeiro set. Esperei entrar também no segundo. No terceiro, com o jogo mais equilibrado, já sabia que não entraria”, disse a ponteira. “Mas só de correr do vestiário até a quadra para o aquecimento já me deu um alívio muito grande. “Com cinco meses de cirurgia, eu poderia ainda não estar aqui”.

Maior pontuadora da partida, Sheilla foi responsável por virar 17 bolas da Unilever. “Faltaram alguns detalhes, mas o time está melhorando. O jogo foi bom e estamos conseguindo nos soltar mais em quadra”, disse. A ponteira Regiane foi eleita a melhor do confronto.

Com a 14ª vitória em 15 jogos, a Unilever segue na liderança isolada da Superliga. Mas o Osasco também cumpriu seu papel e se manteve na cola do rival. A equipe comandada por Luizomar de Moura não encontrou dificuldades para passar pelo lanterna São Caetano, que ainda não venceu na competição nacional.

Com 17 pontos de Thais, novo reforço, o Osasco venceu com parciais de 25-18, 25-8 e 25-18. Outro time paulista favorito que triunfou com tranquilidade foi o Vôlei Futuro. Com 15 pontos de Joycinha, 14 de Tandara e 13 de Fabiana, a equipe de Araçatuba fez 25-20, 25-18 e 25-14 no Brusque.

O Macaé também não encontrou resistência do BMG/Mackenzie e venceu por 3 a 0 (25-23, 25-22 e 25-18). Na outra partida da 4ª rodada do returno, o Banana Boat/Praia Clube superou o Pauta/São José pelo mesmo placar, mas com parciais de 27-25, 25-27 e 25-11

Disponível no Uol Esporte

Foto: Divulgação