Minas bate o Sesi no tie-break e vai às semis

Minas e Sesi já haviam feito duas partidas equilibradas nas quartas de final da Superliga feminina. Na noite desta terça-feira, elas precisaram dos cinco sets para decidir quem ia para as semifinais. Mas a equipe da casa já havia vencido os seis tie-breaks que havia disputado na temporada e mostrou que é especialista na situação. Em duelo com belas jogadas, muita vibração e nervos a flor da pele, o Minas venceu por 3 sets a 2 (17/25, 25/17, 22/25, 26/24 e 15/13) em Belo Horizonte e passou para a próxima fase da competição nacional.

Com o término da partida, Herrera caiu em quadra chorando. Outras jogadoras também se entregaram às lágrimas. Fora de quadra, o técnico Jarbas Soares abraçava seus companheiros da comissão técnica. Do outro lado, a emoção era por causa da eliminação.

– Foi muito sofrido. A gente sabia que era assim, em um tie-break de 15/13. Foi muita garra, muita luta. Tínhamos sido melhores na fase classificatória e nós merecíamos isso aí, mas sabíamos que ia ser sofrido – afirmou o treinador.

A ponteira Mari, que era dúvida para a partida por causa de um problema no joelho esquerdo, era mais uma emocionada após o confronto.

– Eu estou com um problema no joelho, não consegui jogar o outro jogo e fiquei muito triste. Foi superação, acho que está todo mundo de parabéns. Todo mundo foi muito guerreira dentro de quadra, e agora é se preparar para a semifinal.
Na semifinal, o adversário será o Osasco, dono da melhor campanha da primeira fase e que não perde há 13 partidas. As datas das partidas ainda serão definidas.

Fonte: Globo.com
Foto: Divulgação/Orlando Bento

TWITTER



Redes Sociais